• Marcelo Gomes

OS 6 TIPOS DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS


Para cada situação, um tipo diferente de sistema fotovoltaico pode ser usado! Conheça-os!



COMO CLASSIFICAR OS TIPOS DE SISTEMAS FOTOVOLTAICOS?

As principais diferenças entre os sistemas fotovoltaicos estão nas seguintes características:

1) O sistema está ou não conectado à rede?

2) O sistema tem ou não tem algum dispositivo de armazenamento de energia?

3) O sistema é de pequeno, médio ou grande porte?

A partir desta segmentação, conseguimos classificar as instalações de energia solar em 6 tipos de sistemas fotovoltaicos.

De cada tipo diferente vamos falar sobre:

a) Quais as características principais de funcionamento;

b) A quem é destinado;

c) Exemplos de uso.

Então, mergulhe nesta leitura e descubra os 6 tipos de sistemas fotovoltaicos mais usados no Brasil e no mundo:



PRIMEIRO TIPO: SISTEMA OFF-GRID SEM ARMAZENAMENTO

Sistemas de energia solar off-grid, também chamados autônomos, são aqueles que estão desconectados da rede da concessionária local.

O sistema off-grid sem armazenamento é aquele cuja energia gerada é consumida no mesmo ponto, naquele mesmo instante.

Em outras palavras, ele não possui um sistema de armazenamento e funciona apenas durante o momento que está ocorrendo a irradiação solar.

É usado para alimentar sistemas de bombeamento solar e irrigação para plantio, por exemplo.


SEGUNDO TIPO: SISTEMA OFF-GRID COM ARMAZENAMENTO

O sistema off-grid com armazenamento é aquele que funciona sem estar conectado à rede da concessionária, porém utilizando um banco de baterias para armazenar a energia gerada em excesso.

A energia armazenada pode alimentar cargas mesmo nos momentos em que o Sol não está disponibilizando a energia luminosa aos módulos fotovoltaicos.

Desta forma, é possível ter energia elétrica até mesmo à noite, visto que o banco de baterias ao longo do dia é carregado pela energia solar fotovoltaica gerada e na parte da noite o banco de baterias descarrega, gerando energia elétrica às cargas atendidas.

Por este motivo, esse tipo de sistema fotovoltaico é destinado a locais remotos, como áreas rurais sem acesso à rede de distribuição, no qual por vezes fica mais em conta financeiramente utilizar o sistema off-grid com armazenamento de energia em comparação a levar a rede de distribuição até aquele local.

Outro tipo de pessoa que costuma requerer esse tipo de instalação é aquela que quer se desligar totalmente da rede da concessionária local.

O sistema off-grid com armazenamento, além das aplicações anteriores, também é usado para alimentar postes solares, cargas menores, sondas espaciais, drones, etc.


Exemplo de sistema off-grid com armazenamento - Drone movido a energia solar



TERCEIRO TIPO: SISTEMA OFF-GRID HÍBRIDO


O sistema off-grid híbrido pode ser definido como um sistema que possui duas (ou mais) fontes diferentes de energia, sendo uma delas o sistema fotovoltaico off-grid.

Por exemplo, você pode utilizar em conjunto a energia solar fotovoltaica off-grid com armazenamento de energia para uma atividade e também incluir um gerador eólico ou um gerador a diesel como forma de backup para o caso de algum tipo de falha no sistema primário.

Os veículos sustentáveis e alguns sistemas de telecomunicações se enquadram neste tipo de utilização do sistema off-grid híbrido.


QUARTO TIPO: SISTEMA ON-GRID: MICRO E MINI GERAÇÃO DISTRIBUÍDA

Sistemas de energia solar on-grid são aqueles que estão conectados à rede da concessionária local.

Ele funciona em paralelo com a rede da concessionária, e no caso de faltar energia na rede, o sistema fotovoltaico não poderá funcionar ilhado.

Para que isto não ocorra, este tipo de instalação possui um sistema anti-ilhamento, presente nos inversores.

O sistema on-grid é o mais utilizado atualmente no Brasil e no mundo, com alta demanda por ser mais barato em comparação aos sistemas off-grid.

Pode ser utilizado em residências, comércios, indústrias e se enquadrar na mini ou microgeração distribuída, ou seja, geração com menor porte em comparação às grandes usinas.

Na mini ou microgeração no Brasil vigora a Resolução Normativa 482 que definiu o chamado sistema de compensação.

Nele, em uma explicação bastante simples, o excesso da geração fotovoltaica é injetado e armazenado na rede da concessionária local, que serve como “o banco de baterias” e pode ser trocado por créditos que são abatidos no valor da conta de energia elétrica do titular do local em até 60 meses.

Por ser um sistema mais barato, ele atualmente movimenta o mercado de energia solar fotovoltaica no Brasil, diante das boas condições de geração por fonte solar em grande parte de nosso país.


Exemplo de sistema on-grid - Microgeração distribuída



QUINTO TIPO: SISTEMA ON-GRID HÍBRIDO


O sistema on-grid híbrido usa 2 fontes de energia como base.

Nele, há o sistema fotovoltaico com conexão à rede em união com o uso de uma segunda fonte, que pode ser um banco de baterias para armazenamento de energia, um outro gerador eólico, hidráulico ou a diesel, etc.


Um exemplo de uso seria um consultório que deseja ter como fonte principal o sistema fotovoltaico conectado à rede, mas que usa como backup um banco de baterias.

Em caso de um problema na concessionária, ou o desligamento da rede por conta de um raio, ou outro problema que leve a falta de energia elétrica no local, o inversor fotovoltaico deve estar configurado para colocar a bateria para funcionar, por exemplo.

Ou seja, em locais com atividades essenciais para a manutenção da vida ou de algum equipamento que precisa necessariamente de energia elétrica para funcionar ou estar resfriado sempre, e que passa por falta de luz constantemente, este tipo de sistema aparece como uma solução.

Este tipo de sistema ainda não possui legislação específica no Brasil.



SEXTO TIPO: SISTEMA ON-GRID: GRANDE USINAS SOLARES

Por fim, temos os sistemas on-grid que são as grandes usinas fotovoltaicas.

Os mega parques criados para atender aos consumidores tem normalmente como foco a venda de energia.

Desta forma, elas não se enquadram na Resolução Normativa 482 e seguem as regras para usinas de energia.


Exemplo: Usina de Energia Solar no México (Villanueva CUR) - Fonte Enel Green Power



QUAL É O TIPO DE SISTEMA FOTOVOLTAICO IDEAL PARA MIM?

A partir destes 6 tipos de sistemas fotovoltaicos, você agora já consegue perceber qual se adequa à sua necessidade atual.

O sistema on-grid é o mais comum e mais barato em comparação ao off-grid, e está em grande expansão nos telhados brasileiros.

Em contrapartida, as baterias estão evoluindo sua tecnologia no mercado e para o futuro os sistemas off-grid também podem se destacar.

De maneira semelhante, o uso de veículos elétricos, tendência no mundo, podem vir a crescer e dar novo espaço aos sistemas híbridos.

Assim, acompanhar as tecnologias e ver o que mais se adequa atualmente à usa realidade é a melhor forma de tomar uma decisão acerca de qual tipo de sistema fotovoltaico instalar no local desejado.

NOSSA EMPRESA

A Evosolar é uma empresa integradora de energia solar fotovoltaica focada na sustentabilidade do planeta, gerando economia na conta de luz e satisfação para nossos clientes.

NOSSAS UNIDADES

Horários

Seg-Sex: 9:00 - 18:00

​​Sábado: 9:00 - 13:00

  • Branca ícone do YouTube
  • Branca Ícone Instagram
  • White Facebook Icon

© 2018.  Created by Evosolar